+55 61 3367 6303 #20 info@karlaosorio.com

A Galeria Karla Osorio apresenta mostra individual de Oziel Primo Araújo (Imperatriz/MA) licenciado em Artes Visuais na UnB, professor da rede pública no DF. Participou de várias mostra individuais e coletivas, desenvolvendo obra experimental unindo música, vídeo e artes visuais.

É a primeira individual do artista na galeria.

Galeria 4, Pavilhão 2
OZIEL PRIMO ARAÚJO
Eterna série: ator, mecânica e melancolia

A mostra é composta de obras concebidas e produzidas na última década, incluindo objetos, instalação, vídeo e escultura performática. Algumas foram produzidas durante a abertura com performance do próprio artista, outras se constituiram a partir da própria intervenção do público.

Como destaca a curadora Malú Serafim, “neste conjunto de obras, o artista explora o hibridismo linguístico que percorre um cálculo entre performance, vídeo, imagem e escultura. Incluído em contexto encíclico da própria arte contemporânea, a mostra demonstra um rearranjo de suporte-corpo. Tendo-se apartado da ideia de suporte, a obra flutua entre diversas linguagens – permeando todos os agentes que as negociam e estando em constante transformação dentro de um espaço-tempo indeterminado. Enquanto o objeto absorve todas as suas macro-narrativas e se concretiza nesse fluxo, essa troca condiciona a obra sua extensão de completude.

Diante de toda a imersão do ato, o objeto, assim como todos os sujeitos ativadores, são inevitavelmente mecanismo, registro e obra. Assim se configura um jogo, uma transformação ininterrupta que parte do relacional.

A presente experiência se condiciona dentro de uma noção fenomenológica, predicando que o corpo permite a consciência e é tomado pela consciência do objeto. Desta forma, tudo se realiza na percepção, como o artista se refere quando invoca a noção da melancolia: o arrebatamento do encontro com a imagem, quando ver se torna uma confabulação visceral.”

Sobre o artista
Oziel Primo Araújo (Açailândia/MA) – Vive e trabalha em Brasília, onde leciona para alunos da rede pública e possui graduação em licenciatura em Artes Visuais pela Universidade de Brasília. Já atuou como produtor nos projetos “mostra de vídeo-arte ULTIMAQUARTA – Teatro Nacional, Sala Alberto Nepomuceno (2004 a 2007), quase-imagem mostra de Vídeo na TV – TV Nacional: Radiobrás Brasília (2007) e “A TOA: recreio experimental (evento coletivo), eixo monumental norte”. Como artista visual já apresentou suas obras em diversas exposições coletivas e individuais, dentre elas podemos destacar: Individuais: Projeto Prima Obra – Galeria Funarte – Brasília,DF (1998); estrutural:mod.ouça no volume máximo – Casa da América Latina – DEX/UnB (2007); I am Just Luking – Alfinete Galeria (2012). Coletivas: Onda Anda a Onda – Museu Nacional (2017) e Situações brasília – Mostra Caixa Arte Contemporânea Brasília 2005 – Mirações Conjunto Cultural da Caixa (2005);

Serviço
Exposição
Oziel Araújo Primo – Eterna série: ator, mecânico e melancolia (galeria 4, Pavilhão 2)
Visitação: até 31 de agosto
Segunda sexta, 9-18h30 | sábado 10-14h, sempre mediante agendamento